Pattern Madness

Recentemente descobri o trabalho de Dominique Pétrin, uma artista plástica originária de Montreal, e decidi hoje partilhá-lo aqui convosco porque apesar de um pouco excessivo achei-o bastante interessante e visualmente muito apelativo, para além de um bom exemplo daquilo que é hoje o excesso de informação e estímulo visual que caracteriza a nossa sociedade contemporânea.
Uma vez ouvi um artista plástico dizer que uma boa obra de arte tem sempre qualquer coisa de excessivo, e as instalações de Pétrin são um bom exemplo disso. Ela leva a cor e os padrões ao extremo, utilizando-os  de uma forma excessiva e ousada, explorando ao máximo os efeitos visuais e óticos que a sua conjugação permite. O resultado final é uma explosão de cor e ritmo visual.
Através da técnica da serigrafia ela forra literalmente edifícios e interiores de espaços, e os padrões invadem as paredes, o chão e o teto, envolvendo completamente o espectador, numa experiência que certamente deve ser única e desconcertante. Sem dúvida um fantástica fonte de inspiração para todos aqueles que trabalham na área das artes visuais!







Sem comentários