A Grande Magia

Creativity is a crushing chore and a glorious mystery.
The work wants to be made,
and it wants to be made through you.
Elizabeth Gilbert

Ler é oficialmente o meu grande vício. Não passo sem um bom livro (ou dois ao mesmo tempo) e a minha mala carrega sempre um peso extra do livro que não consigo deixar em casa, mesmo quando sei que não o vou ler. Mas a sua companhia conforta-me, como um companheiro de viagem. No início do ano comecei a ler este, que hoje partilho convosco, e que recomendo vivamente a todos aqueles que têm algum projeto, ideia ou sonho que gostariam de realizar mas que por algum motivo, ainda não avançaram com ele. Como o livro me tem sido bastante útil e inspirador penso que também o poderá ser para vocês e para todos aqueles que procuram viver de uma forma mais criativa e estimulante.

Imagem Homes in Colour

Acredito, à semelhança da autora do livro, que a criatividade "é o que separa uma existência mundana de uma existência mais mágica" e acredito que ela continua a ser o nosso grande recurso quando procuramos viver uma vida mais feliz e realizada.

E o que é que Elizabeth Gilbert entende por viver uma vida mais criativa? É, acima de tudo, viver uma vida mais motivada pela curiosidade do que pelo medo. Ela acredita (e eu também) que todos nós "somos repositórios ambulantes de tesouros escondidos" e que essa é uma das partidas mais antigas e generosas que o Universo nos pregou (tanto para sua diversão como para a nossa): ele enterra estranhas jóias bem no fundo de nós e depois afasta-se e ficar a observar se as conseguimos encontrar. "A caça para encontrar esse tesouro: isso é viver criativamente. (...) Os resultados dessa caça, muitas vezes surpreendentes; é o que eu chamo Grande Magia".

Nessa grande viagem ela fala de seis momentos fundamentais que irei partilhar aqui no blog durante as próximas semanas e que passo a enumerar: CORAGEM, ENCANTAMENTO, PERMISSÃO, PERSISTÊNCIA, CONFIANÇA E DIVINDADE.

Fiquem desse lado pois acho que vão gostar de os ler e de pensar sobre eles. Até amanhã!

Sem comentários