Plantas Aéreas


Há uns dias atrás quando fui visitar (pela primeira vez) a Feira das Almas nos Anjos deparei-me com uma banca que estava a vender um tipo muito único e peculiar de plantas que me chamou a atenção, chamado plantas aéreas. Já ouviram falar? Eu desconhecia por completo e fiquei completamente fascinada. Continuem a ler para saber porquê.


As plantas aéreas são um tipo de plantas que sobrevivem através da absorção de nutrientes pelas folhas em vez de pelas raízes, num ambiente de ar fresco e com boa luminosidade. Razão pela qual muitas plantas aéreas nem sequer tem raízes. Estraordinário, não? Existem muitas espécies diferentes de plantas aéreas, sendo que as que sobrevivem melhor sem terra e que são mais utilizadas de maneira ornamental são as Tillandsias, justamente a espécie com que me cruzei na Feira das Almas.


Os cuidados a ter para manter uma planta destas em casa são muito simples e básicos e não dá praticamente trabalho nenhum. Elas apenas precisam de luz natural indireta e de circulação de ar. Devem ser vaporizadas de 2 em 2 ou 3 em 3 dias ou mergulhadas em água durante 20 a 30 minutos uma vez por semana. Mais fácil e simples, impossível! Acabaram-se as desculpas para não ter plantas em casa, mesmo que de porte pequeno.


Com o devido cuidado as plantas aéreas irão florescer anualmente (Abril/Maio) e após a floração  desenvolvem-se novos rebentos, formando uma colónia. Deixo-vos aqui o email da responsável da banca das feira das almas que vende estas plantas e que me deixou o seu contacto (teresa-serra9@hotmail.com) ou então também as podem descobrir loja June, na LX Factory. 


Pessoalmente gosto muito de as ver colocadas nestas estruturas geométricas suspensas, e podem encontrar aqui, nesta Loja do Etsy, uma série delas muito giras. Se gostam de se aventurar em trabalhos manuais, neste link podem encontram o tuturial para fazer as do lado direito.


Imagens Pinterest
SaveSave

Sem comentários