Coroas de Flores


Adoro bastidores e adoro plantas por isso esta semana aventurei-me num pequeno d.i.y que foi super fácil de fazer e cujo resultado (na minha opinião) não podia ter ficado mais amoroso, não concordam? Adoro estas pequenas coroas de flores que funcionam super bem não só para decorar em ocasiões especiais, mas também para o dia-a-dia, para dar um toque especial a uma parede lá de casa. As minhas ganharam estas três, e acho que não podiam ter ficado melhor.


Estas coroas de flores são mesmo fáceis de fazer e a prova é que eu nunca tinha feito nenhuma antes e, como podem ver, não ficaram nada mal. Elas podem ser feitas tanto com plantas e flores naturais como com artificiais. Com as naturais ficam mais bonitas mas duram menos tempo, por isso fiz uma mistura: fiz uma base com plantas verdes artificiais e depois coloquei flores naturais. Assim, fico sempre com uma base disponível e duradoura e basta ir mudando as flores quando  murcharem.


Comprei os bastidores de madeira na retrosaria Zora do Colombo e escolhi vários tamanhos pois a diferença de escalas torna a mistura visualmente mais interessante. Em relação às plantas artificias fiz uma mistura entre umas encontradas na Companhia do Campo (que tem uma variedade enorme e bastante boa) e outras encontradas no supermercado Continente.


Para a construção da coroa propriamente dita utilizei arame verde fino (que comprei no AKÍ) à volta das plantas e do bastidor para elas ficarem bem presas, e à medida que ia acrescentado mais  ramos ia sempre tentando esconder o arame por debaixo. É possível que fique algum arame à mostra, mas como é verde não chateia nada.  Nas costas do bastidor o arame fica bastante visível, mas como essa parte fica virada para a parede também não tem muito problema.


No final, uma das grandes vantagens é que nem sequer é preciso furar a parede que os prender, basta atá-los a um pouco de fio de algodão (este que usei penso que é da Tyger, embora já não tenha a certeza) e utilizar um pouco de washi-tape. Quem é que ficou com vontade de experimentar? 


Nota importante: no AKÍ existem duas opções de arame verde, um mais grosso e outro mais fininho. Optem sempre pelo mais fininho pois o mais grosso é demasiado duro e pouco maleável, além de que magoa bastante os dedos na utilização.. Eu comprei esse em primeiro lugar e depois tive que ir comprar o outro. Fica a dica!





Imagens Homes in Colour
SaveSave

Sem comentários