Design for white space in your life

Good design is as little design as possible.
Dieter Rams

Imagem Pinterest

Poderão alguns princípios do bom design ser aplicados à nossa vida de forma a torná-la também melhor e mais bem conseguida? Esta é a questão levantada por este artigo que li recentemente e que decidi transportar para aqui hoje pois achei-o bastante interessante.

Tendo estudado design, bem sei que um dos princípios mais debatidos e incentivados nesta área é o "less is more",  que encontramos explícito em qualquer peça de design bem conseguida. Depurar, retirar o que está a mais e cingirmo-nos ao essencial é fundamental para se criar um design bonito, elegante, inspirador. No design gráfico, por exemplo, isso consegue-se através da utilização de vastas áreas de espaço branco. Basta olharmos para as capas (e interior) de qualquer uma das edições da Cereal Magazine para o comprovarmos.

Capas da Cereal Magazine

E o que é espaço branco no design?

O espaço branco (também conhecido como espaço negativo) é aquela área no design em que não existe conteúdo, desde o espaço entre os elementos gráficos maiores aos pequenos espaços entre as letras de uma frase, título ou cabeçalho. Por oposição, é dado o nome de espaço positivo ao espaço onde existe conteúdo.

As zonas em branco proporcionam ao conteúdo mais espaço para respirar e dão-lhe por isso mais força, peso e destaque. Um exemplo curioso é o da página da Google (a mais visitada de sempre na internet) que é o melhor paradigma de utilização de espaço branco. Está claro que a Google tem apenas um grande objetivo: que as pessoas coloquem as suas palavras-chave e pesquisem. Eles poderiam ter adicionado filtros, anúncios e uma série de outras categorias à página, mas preferiram manter as coisas simples na sua icónica caixa de pesquisa.

Imagens Pinterest

O espaço branco realça a leitura e melhora a legibilidade, simplifica o design, completa a leitura do todo e tem ainda a capacidade de poder criar uma agradável sensação de luxo e sofisticação.

Como transportar estes conceitos para a nossa vida?

Tal como no design, também na vida temos a incrível oportunidade de todos os dias a (re)desenharmos com um propósito e objetivo.

A cada dia as decisões que tomamos criam espaços negativos ou positivos na nossa vida, mas tal como no design, a quantidade de espaço branco que temos que introduzir depende do objetivo que temos para ela.

Imagens Pinterest

Eu tenho vindo a decidir aos poucos que quero cada vez perder menos tempo em coisas que não me enriquecem e que quero dedicar-me apenas a projetos que me fazem crescer por dentro, tal como a cerâmica e o blog. Isto faz com que eu tenha que criar espaços brancos na minha vida de forma intencional para que esses dois aspectos possam ganhar e força e destaque. Focar em demasiadas coisas ao mesmo tempo não dá (iria tornar o design da minha vida demasiado confuso).

Imagem Pinterest

E para isso uma das coisas que tenho feito ultimamente tem sido, por exemplo, passar menos tempo nas redes sociais e não ver praticamente televisão. Se calhar estou um pouco mais ausente de tudo e todos mas a vida não dá para tudo, tem que se fazer escolhas.

Consoante os vossos objetivos, pensem em alguma coisa que vos enriqueça que gostariam de fazer sem distrações e criem espaço para ela. Esta é talvez a parte mais difícil para a maior parte de nós.

Imagem Architonic

Redesenhar a nossa agenda com espaço branco

Este é outros dos pontos que a maioria de nós precisa de trabalhar. Temos provavelmente uma agenda demasiado sobrecarregada e confusa, com demasiadas atividades. Se tratássemos da nossa agenda como um projeto de design, que quantidade de espaço branco teríamos que acrescentar? O que é que teríamos de apagar?

In a time where we are trying to cram as much as possible into a 24 hour period, it´s more important than ever to design for nothingness.

Cada vez mais acho que arranjar algum tempo para não fazer nada é fundamental. Só assim é possível ter capacidade mental para criar, explorar, aprender, inovar, conectarmo-nos com os outros e descansar, sem culpa nem distrações.

Imagens Pinterest

Um desafio

Vamos tirar um curso de design metafórico e começar a apagar conteúdo da agenda da nossa vida.  Vamos torná-la mais minimalista. Vamos olhar para o calendário de cada semana e ver que reuniões, pessoas e tarefas  podemos simplesmente apagar.


Imagem Pinterest

Depois de o fazermos podemos regressar calmamente a ela e aos poucos ir acrescentando conteúdo, mas apenas conteúdo relevante. Apenas coisas que realmente interessam e que valem a pena. E vamos demorar o tempo que for preciso. Este deverá ser um exercício desafiante e estimulante.

Apenas quando experienciamos uma verdadeira profundidade e coneção com o que estamos a fazer seremos capazes de apreciar o espaço branco na nossa vida.

Sem comentários