Homes in Colour

Live beautifully . Live creatively

Search

Em Busca de Beleza e Humildade

O que está para trás de nós
e o que está à frente de nós
são matérias insignificantes,
comparadas com aquilo 
que está dentro de nós.
Ralph Waldo Emerson

Taça média brevemente disponível na loja online, | Arranjo Floral Kokuga Flower Studio

Criar coisas bonitas tem-se transformado aos poucos numa missão e num dos propósitos da minha vida. Porque acredito que a beleza cria pequenos momentos de felicidade e bem-estar interior que dão mais sentido à vida. E é isso que procuro cada vez mais através do meu trabalho, não só para mim, como para os outros e para o mundo que me rodeia. E faço-o com um certo sentido de serviço, pois esta é a minha pequena contribuição para um mundo melhor (e um pouco mais bonito).

E escrevo estas palavras para não me esquecer desta verdade. 

(e porque as palavras e as escrita têm sempre um papel importante na minha vida, principalmente quando preciso de acender uma luz na escuridão dos meus pensamentos).

Vela COCONUT LIME (uma parceria com a marca Ecolove) , disponível na minha loja online

E também as escrevo para me orientar sempre que perder o norte (o que acontece muitas vezes). E para quando as coisas se tornarem demasiado difíceis, conseguir mais facilmente encontrar o caminho de volta para o lugar que sei que é o meu.

De uma forma muito pouco planeada, esta minha pequena missão levou-me a criar peças de cerâmica. Poderia ter acontecido de muitas outras formas e em muitos outros suportes, mas as minhas escolhas aliadas às circunstâncias da vida acabaram por me trazer até aqui. E verdade seja dita, não tem sido um caminho fácil. Fazer cerâmica é difícil, e quanto mais faço mais consciência tenho das dificuldades e mais sei que nada sei (mas isso daria tema para vários outros posts).

Caixinha Miró, disponível na loja online

Mas se calhar são justamente os caminhos mais difíceis que nos ensinam as lições mais importantes.

Nomeadamente lições de humildade, paciência, resiliência e, em última instância, de amor-próprio.

Às vezes sou consumida por ideias de grandeza e dou por mim a pensar que tenho que ser a melhor naquilo que faço e que a próxima peça tem que ser a derradeira, a última, a excepcional. Para logo a seguir a vida obrigar-me a render-me ao facto de que não podia estar mais longe dessa realidade. E que o melhor (e único caminho) é o da humildade e o da coragem de aceitar fazer o trabalho que simplesmente consigo fazer, mesmo que seja mediano ou até banal (que no fundo é o que todos fazemos, salvo alguns raros artistas excepcionais).

(pequena nota: a propósito deste tema da humildade recomendo vivamente o talk "The Humble Journey to Greatness" da Cheryl Strayed, que podem ouvir aqui)

"Done is better than good"

E L I Z A B E T H  G I L B E R T

Campânula "Petit Prince", uma  colaboração com o Projeto Depois,

Porque escondido por baixo de todos os medos, ansiedades, bloqueios ou frustrações relacionados com trabalho criativo não existe mais do que arrogância e um secreto desejo de querermos ser mais e melhores que aquilo que verdadeiramente somos.

Por isso, quero simplesmente continuar a fazer aquilo que a alma me pede com humildade e  com a consciência e aceitação de que umas vezes vai correr melhor e outras pior (mais fácil dizer do que fazer, mas estamos aqui mesmo para aprender e evoluir).


Taça ESTHER, disponível na loja online


E porque todos os dias a vida oferece-nos uma oportunidade de fazer diferente (e quem sabe, melhor), que irei fazer com ela a cada dia que passa?


Irei tentar criar com menos medo e mais tranquilidade.

Irei tentar criar pelo simples prazer da criação. Pelo prazer de fazer nascer no mundo uma coisa que jamais existirá se eu não a fizer.

Irei tentar criar com mais alegria e presença.
Irei tentar criar sem tanta necessidade de aprovação ou reconhecimento.
Irei tentar criar para expressar quem verdadeiramente sou e simultaneamente descobrir quem sou.

Acima de tudo, irei continuar a criar não só para oferecer uma fatia beleza ao mundo, mas para tornar mais luminoso este misterioso destino que me trouxe até aqui.

Sem comentários

Publicar um comentário