Homes in Colour

Live beautifully . Live creatively

Search

Um pouco de Inspiração

We surround ourselves by the people, the products and the brands
that say something about who we are
Simon Sinek

Fotografia e Styling Anna Cor

Ando com muitas saudades do tempo em que tinha mais tempo para o meu blog. Neste momento, o trabalho no atelier consome-me todos os minutos do dia e já não me posso dar ao luxo de ficar em casa uma manhã inteira a pesquisar e a escrever. No entanto, ando a sentir muita falta do o fazer, até porque (percebo agora) essa pesquisa era-me bastante útil para o meu próprio trabalho.

O confinamento (que para mim tem acontecido essencialmente aos fins de semana) veio no entanto abrir uma janela de tempo na minha vida, e aqui estou eu com um novo post. E sinto-me mesmo feliz por fazê-lo, porque gosto verdadeiramente de partilhar coisas que são boas de mais para não serem partilhadas.

Demorei imenso tempo a escrever este post (desde o fim de semana passado até hoje) e começo a pensar que talvez lhe tenha perdido o jeito (a fluidez com que o fazia não tenho dúvida que ficou pelo caminho). No entanto, espero genuinamente que gostem e que vos inspire (mesmo nestes dias difíceis).

(pequena note: se acharem este post demasiado longo e não forem até ao fim, ouçam pelo menos este e este episódio do Podcast Design Matters, sobre o qual falo mais abaixo. São, sem dúvida, os pontos mais interessantes de tudo o que partilho aqui.)

O trabalho da Anna Cor

E começo justamente com o trabalho da Anna Cor, uma fotógrafa e stylist alemã cujo trabalho admiro bastante e me deixa sempre muito inspirada. Advogada de formação e mãe de três filhos, foi com a decoração da sua própria casa em Berlim que começou a ganhar o gosto pelo design de interiores, ao qual hoje se dedica de corpo e alma. Descreve-se como uma pessoa organizada, atenta ao mundo que a rodeia e acima de tudo, muito ligada à família.

É hoje uma das fundadoras do atelier c.o.design studio, onde desenvolve não só projetos de decoração, como consultoria, direção de arte, fotografia e styling.


O seu instagram é uma mão cheia de inspiração e um regalo para os olhos de todos os amantes de decoração. As fotografias (essencialmente dos interiores da sua casa) cativam pelo minimalismo elegante dos ambientes, a paleta de cores harmoniosa e o conforto e beleza visual. Um trabalho que vale mesmo a pena conhecer e seguir.


Fotografias e Styling Anna Cor

O Podcast Design Matters

Se já no primeiro confinamento os podcasts tinham sido uma das melhores e mais inspiradoras companhias, desta vez não me voltaram a falhar. E este, em particular, tem sido um dos meus preferidos, principalmente quando estou no atelier a trabalhar. E já me perguntei várias vezes como é que só agora ouvi falar dele, visto ter sido um dos primeiros podcasts a surgir dentro do género, e de já ter mais de uma década de existência e cerca de 300 entrevistados. 

Debbie Millman é a nossa querida anfitreã, e depois de mais de uma dezena de episódios ouvidos, é impossível não desenvolver uma genuína apreciação pela simpatia e inteligência desta designer, professora e escritora que tem, efetivamente, talento para entrevistar.

Educativo, envolvente e profundamente inspirador, neste podcast podemos ouvir e conhecer o percurso de vida, pensamentos e visão criativa de alguns dos melhores e mais importantes designers, autores e pensadores do nosso tempo, como Massimo Vignelli, Jessica Hische, Paola Antonelli, Stefan Seigmaster, Louise Fili, entre muitos outros.

If you can design one thing,
you can design anything.
- M A S S I M O  V I G N E L L I

Aqui ficam alguns dos meus episódios preferidos e que recomendo vivamente:

Austin Kleon   |    Alain de Botton   |   Jessica Hische   |   Esther Perel   |   Dominique Browning   |  Lisa Congdon   |   Kate Betts    |   Maria Popova  |   Kate Bingaman-Burt  |   Elizabeth Gilbert   |   Jennifer Sterling  |  Sophie Blackall   |    Stefan Seigmaster  

Imagens via Design Matters

Arranjos de flor Ikebana

Entretanto, também ando cheia de vontade de conhecer e aprender um pouco mais sobre esta técnica milenar japonesa de arranjos florais, que me começou a chamar a atenção há relativamente pouco tempo. 

Como uma verdadeira apreciadora de flores, ando sempre à procura de novas fontes de inspiração e eis que comecei a descobrir no Pinterest este tipo de arranjos que agora sei serem inspirados numa antiga tradição japonesa chamada de Ikebana.

Mais simples e minimalistas que os ocidentais, os arranjos Ikebana fascinam-me sobretudo pela sua estrutura linear, assimetrias e movimento. Tem tudo a ver com criar equilíbrio e permanecer fiel à natureza, ao mesmo tempo que se tenta recriar a sua beleza escultural. 

Imagem Pinterest

E para aprofundar um pouco mais o conhecimento, acabei de comprar este livro maravilhoso que me chegou a casa na semana passada chamado "Ikebana Unbound", que só de o folhear, me encheu o coração. Só tenho pena que as floristas estejam fechadas, senão ia já começar a pôr a mão na massa!

Ikebana Unbound
A Modern Approach to the Ancient Japanese Art of Flower Arranging

Interior do livro

Já agora, aproveito para dar uma dica: costumava comprar este tipo de livros no Book Depository que (provavelmente devido ao Brexit) não se encontra neste momento a fazer envios para Portugal (ou pelo menos não se encontrava quando tentei adquirir este) Eis então que descobri a Amazon espanhola e estou super satisfeita. Tenho encontrado por lá todos estes livros que gosto (e que não consigo comprar em Portugal) e chegou tudo bem e super rápido. 

E para terminar, aqui ficam mais algumas imagens bonitas. Obrigada por estarem desse lado e até breve!

Imagem via StemFloral

Imagem Pinterest

Sem comentários

Publicar um comentário