Homes in Colour

Live beautifully . Live creatively

Search

Arte, Vulnerabilidade e Coragem

A arte não é o resultado, é uma viagem.
O desafio do nosso tempo é encontrar
uma viagem digna do nosso coração
e da nossa alma.
Seth Godin


Tenho andado um pouco ausente por aqui. Para além de ter estado no estrangeiro, o tempo não me tem dado para tudo. E há momentos em que a vida nos convida a viver certas experiências e não podemos dizer que não. E também às vezes é preciso primeiro viver as coisas antes de as escrever. No entanto, as saudades de escrever e partilhar convosco conteúdos que acho interessantes estão sempre a chamar-me.


Fotografia e Peças de Cerâmica Homes in Colour

O tema de hoje diz-me muito, e acredito que também o diga a todos aqueles que desse lado são criativos e têm vontade de pôr ideias e projetos novos no mundo, sejam eles de que natureza for (abrir um restaurante, começar um blogue, escrever um livro, lançar uma marca, criar um logotipo, escrever um poema). Porque quando utilizo aqui o termo "Arte" é no seu sentido lato, ou seja, é para a criação de qualquer coisa que antes de nós não existia.

Arte é aquilo que fazemos
quando estamos verdadeiramente vivos.

                                       - S E T H  G O D I N

No entanto, fazer arte/inicar um projeto novo é das tarefas mais arriscadas e assustadoras que conheço. Porquê? Porque implica afastarmo-nos da nossa zona de conforto e saltar para o desconhecido. E o desconhecido é um vazio; é um lugar onde tanto o sucesso como o fracasso podem acontecer. E como ninguém nos ensinou a fazer isso, raramente nos sentimos preparados.

Fotografia e Styling Jaana Nittymen

Tal como um pulo de crescimento
para um adolescente,
a dor de enfrentar o vazio onde a arte reside
faz parte do negócio, do nosso crescimento
e melhoramento.

- S E T H  G O D I N


Fazer arte é estar disposto a pôr no mundo uma ideia/produto/serviço que pode ou não resultar; que as pessoas podem ou não gostar; que o mercado pode ou não rejeitar. E isso implica uma dose considerável de vulnerabilidade e risco. Como diz Seth Godin, o valor da arte está na nossa disponibilidade de pegar o risco de caras e de aceitar o vazio do possível fracasso.

Fotografia Tono + Co

E por isso é que para dar vida a um projeto/sonho é preciso coragem. Porque nunca há certezas ou garantias, apenas riscos (de falharmos, de nos expormos, de nos magoarmos)


(pequena nota: só existe coragem quando existe risco. Não é preciso coragem para abrir o frigorífico, porque não implica qualquer risco ou perda. O mesmo não se pode dizer para um salto de queda livre)


Fotografia Homes in Colour

Ter coragem não é ser imune às críticas ou mostrar arrogância. É ser capaz de mostrar ao mundo o nosso ponto de vista, independentemente do mundo gostar ou não. Os artistas são corajosos porque dão saltos, dizem a sua verdade e estão dispostos a falhar. A disponibilidade de falhar e voltar a tentar é o preço da arte, e a vulnerabilidade que ela implica é o que a torna interessante e fascinante.

O artista faz as pazes com todas
estas emoções e, em vez de as combater,
dança com elas.

- S E T H   G O D I N

Fotografia Wunderblumen


Pequenas conclusões:

  • Fazer arte deixa-nos extremamente vulneráveis (embora quase ninguém o admita)

  • Fazer arte é uma forma de nudez (sendo que é  sempre mais fácil despir o corpo que a alma)

  • Só quando arriscamos é que verdadeiramente fazemos arte. Não existe arte sem risco

  • Fazer arte é uma incerteza, mas aconteça o que acontecer, a viagem em si valerá a pena

  • Quando a arte que fazemos falhar, tenhamos a coragem de recomeçar e fazer arte melhor

Sem comentários

Enviar um comentário