No Showroom da Tendenza


Há uns dias atrás, numa rápida passagem pelo Algarve para desanuviar um pouco de Lisboa, não resisti em ir dar um pulinho ao Showroom da Tendenza que já andava cheia de vontade de ir conhecer há um meses quando (por acaso) os descobri no Instagram.

Vario Style da Bosch


E hoje é dia de partilhar convosco as minhas soluções de cor preferidas para o Vario Style, o mais recente frigorífico combinado da Bosch de que já vos falei neste post, e que como vos disse é o primeiro do mundo com portas de cor amovíveis que facilmente se trocam e substituem, adaptando-se ao ambiente e mood que queremos para a nossa cozinha.

Para Petiscar


Não sei se já a conhecem mas eu pessoalmente acho imensa graça aqui à Petisqueira, uma original tábua de servir desenhada e produzida pela Ducka, uma marca muito gira de que já me ouviram falar por aqui quando há uns tempos fizemos um Passatempo juntas (lembram-se?)

Interiores de Verão

An interior is the natural projection
of the soul
Coco Chanel

Projeto de Emily Henderson

E hoje trago-vos um post de inspiração. Se a situação fosse ideal adoraria em cada estação mudar por completo a decoração cá de casa, mas como não me é possível fico-me por pequenas mudanças que já ajudam a fazer o switch para a nova estação. Entre elas: guardar mantas e tecidos quentes, mudar para lençóis de verão, regar mais as minhas plantinhas (e arranjar uma ou duas novas) e abrir bem a janela para tudo arejar.

Novidades da Bosch


Bosch é sem dúvida um nome incontornável na área dos eletrodomésticos. Qualidade, inovação e bom design são palavras-chave desta marca que há mais de um século tem estado na vanguarda dos equipamentos domésticos que tanto nos facilitam a vida e o dia-a-dia.

Workshop D.I.Y no Mar Shopping


Há uns meses atrás fui desafiada a dar um Workshop no Mar Shopping de Matosinhos. O briefing dizia que podia apresentar qualquer proposta que quisesse desde que fosse dentro da área do D.I.Y e que incorporasse uma qualquer peça do Ikea (o parceiro do workshop) para ser transformada e posteriormente levada para casa pelas pessoas que o realizassem. 

A arte do contentamento


Sou uma compradora assídua da Revista Flow. Desde que a descobri (em Novembro de 2016) que   raramente falho uma edição e guardo-as com o mesmo cuidado e amor com que guardo os meus livros preferidos. O facto de ser trimestral faz com que o valor elevado que pago por ela (cerca de 16 euros) se diluia, e nada me dá mais prazer que as colecionar e muitas vezes reler artigos preferidos.