Styling com flores selvagens

Não saberia como reconciliar-me com as coisas, não fosse
cada instante arrancar-se ao tempo
para me dar um beijo.
Cioran


Adoro este pequeno pensamento/poema do Emil Cioran (escritor e filósofo romeno que se radicou em França na década de 40) com que decidi começar o post de hoje. Se a memória não me falha, encontrei-o nas páginas de um livro que li há uns anos e que me tocou particularmente: "A Delicadeza" do David Foenkinos, conhecem? É um romance que narra a história de Nathalie que de um dia para o outro vê a sua vida mudar tragicamente de rumo quando o destino, num duro golpe, quis que o seu companheiro de vida morresse (repentinamente) atropelado. A sua dor parece prolongar-se eternamente, mas página a página vemos a nossa jovem heroína sarar as suas feridas , reconciliar-se com a vida e no final, voltar a ser feliz.

Design Crush // Butterfly Chair

Imagem Entrance

Apesar da chuva intensa e do frio desconsolador que temos sentido nos últimos dias acho que é altura de começar a fazer posts um bocadinho mais primaveris por aqui. Afinal a estação mudou e acredito que num piscar de olhos os dias bons hão-de regressar e com eles a nossa vontade de fazer pequenos updates na nossa casa. E por isso o post de hoje é dedicado à famosa cadeira Butterfly, um dos ícones do design que mais gosto e que acho super original (e que provavelmente muitos de vocês já viu e conhece).

4 marcas para quartos de criança


Há uns dias atrás fui pela primeira vez (com uma amiga minha que está gravidíssima) ao Mercadito da Carlota no CCB. Se não fosse a gravidez dela provavelmente não teria ido pois ainda não há crianças cá deste lado, mas ainda bem que fui pois gostei bastante. O Mercadito está muito bem organizado e as marcas escolhidas pela Fernanda Velez primam mesmo pela qualidade e bom gosto.

4 ideias para decorar uma cómoda ou Aparador

Imagem Fashion For Home

Num hall de entrada, numa zona da sala, num corredor ou espaço de passagem ou mesmo num quarto, um aparador é sempre um móvel que (por vários motivos) dá jeito ter em casa. Por isso aqui ficam hoje 4 ideias que gosto para a sua decoração.

Os Preferidos da Lígia Casanova Store


Se me costumam acompanhar por aqui já me devem ter ouvido falar certamente do trabalho da Lígia Casanova, uma das minhas designers de interiores preferida. Só que desta vez não venho partilhar nenhum dos seus maravilhosos projetos (se tiverem curiosidade de saber qual foi o último podem espreitar aqui) mas sim os meus preferidos da sua nova loja online.

In love with...

E depois de andar a vasculhar um pouco alguns dos meus posts mais antigos decidi trazer de novo aquela que foi uma das minhas primeiras rubricas do blog à qual dei o nome de "In love with", com um conjunto de 4 imagens de objetos, interiores, artistas e projetos que gosto e me inspiram. O objetivo aqui é trazer mais imagem e escrever menos texto, porque sei que há muita gente que não tem muita pachorra para grandes leituras. Por isso espero que gostem, pois vai passar a ser uma rubrica com alguma regularidade :)

Plantas, objetos em madeira e cerâmica feita à mão

Imagens e peças de cerâmica Homes in Colour

Enquanto o espírito modernista nos incita a avançar e a crescer não há dúvida que nos últimos tempos temos vindo a assistir a um desejo crescente por parte de um grupo cada vez maior de pessoas de um pequeno regresso atrás, de nos afastarmos um pouco dos écrans, da tecnologia, do crescimento desenfreado e da produção em massa e de nos aproximarmos mais da natureza e de um estilo de vida mais consciente, calmo e tranquilo, ao qual se tem dado o nome de slow living.

Tendências de cor // Terracota

Imagens Krakvik & D´Orazio

O terracota é sem dúvida uma das cores do momento. Quente e acolhedora, vemo-la aparecer cada vez mais na decoração, a par de outras cores-tendência do momento, como por exemplo o rosa pálido. Situado na palete de cores entre o laranja e o castanho, o terracota é segundo os especialistas uma das cores para apostar este ano.

Vamos Misturar Cadeiras?

Imagem  Entrance

Misturar cadeiras diferentes à volta da mesa de jantar é uma ideia que adoro e que tenho inclusive cá por casa. Ideal para criar um estilo mais eclético, podem fazer a mistura somente a nível de cor (misturar cadeiras pretas com brancas ou brancas com tom de madeira) ou também a nível de estilos. Como se costuma dizer, quando nada combina, tudo combina, por isso o resultado só pode funcionar bem.

Resultado Passatempo Burel Mountain Originals


E é hora de anunciar o resultado do Passatempo em parceria com a Burel Mountain Originals , e a vencedora foi a :

#19- Marta Batista, com esta partilha pública.

Muitos Parabéns Marta! Entrarei em contacto muito brevemente.

O Making-of de um Passatempo


Organizar Passatempos é uma das minhas atividades preferidas aqui do blog. Dá trabalho, é verdade, mas é sempre desafiante, é importante para o crescimento do blog, é mais uma forma de divulgar marcas e projetos que gosto e admiro, e fico sempre super feliz por perceber que as pessoas gostam e participam e isso compensa todo o trabalho que a sua organização possa eventualmente dar.

Giveaway Burel Mountain Originals


A Burel Mountain Originals é uma marca que já me acompanha há um tempo e por quem tenho um carinho especial talvez por ter sido a primeira em Portugal a desenvolver produtos verdadeiramente inovadores e originais com este tecido artesanal feito de lã típico da indústria de lanifícios da zona de Manteigas. Já falei da Burel aqui pelo blog, e lembro-me perfeitamente da primeira loja que abriram em Lisboa há uns bons anos atrás na Rua Nova do Almada (alguém também se lembra?..)

Bancos como mesas de cabeceira

Imagem via Entrance

Pode não ser (no meu caso) a opção mais prática e funcional do mundo, mas sem dúvida que é uma solução gira e que há muita gente a optar por ela. Ter um banco como mesa de cabeceira seria uma opção para vocês?

Preto & Branco para quartos de Criança

O preto e branco na decoração é uma influência particularmente escandinava, que pela sua estética minimalista, restringe bastante o uso da cor. Geralmente este dupla intemporal não seria à partida uma primeira escolha para um quarto de criança, mas eu pessoalmente gosto bastante e é essa a sugestão que vos trago hoje. Mamãs leitora, o que acham? Gostam ou nem por isso? Eu acho que tem algumas vantagens, sendo que talvez a mais interessante é que é uma decoração unissexo e por isso adapta-se bem tanto a menina ou menino, e acima de tudo não se torna cansativa. 

Inspiração // Dark Mood

I've been 40 years discovering that the queen of
all colours was black
August Renoir

Imagens Pinterest

Pelo estilo de imagens que costumo publicar aqui e no meu Instagram dá para perceber que sou realmente uma adepta dos ambientes claros e luminosos. No entanto, o seu oposto também me atrai profundamente, principalmente nesta altura do ano.

Top 8 // Poufs

Já não é a primeira vez que falo aqui no blog de poufs, pois é uma peça que gosto bastante em casa por ser simultaneamente decorativa e funcional. Não confundir pouf com repousa pés (que têm pernas) embora também o possamos utilizar para isso, nem com otomanos (que têm espaço no interior para arrumação). Um pouf é mais um menos como uma almofada grande para o chão mas mais consistente e com formas diferentes. Eu tenho um cá em casa que trouxe de Marrocos (daqueles mais tradicionais) e gosto imenso dele pois permite-me não só sentar e encostar (também pousar os pés), como o utilizo recorrentemente como mesa de apoio para pousar revistas e livros que estão em leitura. 

Na Stock The Nature


A Embaixada é sem dúvida um dos locais com mais pinta em Lisboa. As dificuldades de estacionamento na zona do Príncipe Real fazem com que não vá lá tantas vezes como se calhar gostaria, mas de vez em quando não dispenso uma visita, até porque é aqui que se localiza outra das minhas lojas preferidas de decoração em Lisboa, a Stock The Nature, que é hoje o tema do post.

Pendurar Tapetes

Imagem Bloomingville

Ao tiramos um tapete do chão e o colocarmos na parede estamos a elevá-lo à qualidade de obra de arte, e a verdade é que alguns tapetes pelas suas cores e grafismo funcionam muitas vezes como uma pintura. Além de que acrescentam textura e um indiscutível conforto e personalidade a uma parede.

As Ilustrações da Cláudia Baeta

Se puderes olhar vê. Se puderes ver, repara.
José Saramago


Na semana passada fui à ICON Shop por dois bons motivos. Por um lado ia repor algum stock das minhas peças, por outro não queria perder a oportunidade de ver a Cláudia Baeta a trabalhar ao vivo no espaço de Pop Ups da loja, onde durante uma semana esteve sentada ao estirador, com tintas e pincéis a dar vida às mais variadas espécies de peixes,  para deleite de quem quisesse ver e apreciar.

WISH LIST #9

E como falei há uns dias atrás neste post, o rosa conjugado com os tons quentes do terracota e do burgundy são uma tendência para a estação, pelo que escolhi este novo tapete da H&M Home nesses mesmos tons para dar o mote à Wish list de hoje. Com várias peças que adoro, estou particularmente in love com esta nova poltrona da IKEA (que descobri no outro dia a dar uma olhadela no último catálogo), com o porta-revistas da La Redoute (que tenho vindo a descobrir que tem peças bem giras e acessíveis para a casa) e com o espelho em forma de losango também da H&M Home (cada vez gosto mais desta loja!...)  Espero que gostem da seleção, todos os links estão no final do post. Até amanhã!
Vela  |  Cesto metálico  |   Print   |   Porta-revistas   |   Tapete   |   Espelho   |   Almofada   |  Poltrona  |   Cabide

Abraçar as experiências criativas

Don't complain, create.
Tina Roth Eisenberg


Como seres criativos que somos, tudo o que fazemos envolve mudar e reinventar aquilo que já existe. Nunca nada é igual e cada momento é sempre uma experiência criativa. De de todas as atividades artísticas que já desenvolvi e às quais já me dediquei, a cerâmica é onde mais fortemente sinto esta verdade.

Must-Have // Cestos Metálicos

Imagens H&M Home e Ferm Living

Estéticos, elegantes e funcionais, os cestos metálicos são neste momento para mim um must-have em casa. No escritório, na cozinha, na sala, no quarto ou mesmo na casa de banho, as suas utilizações são inúmeras e bastante diversificadas. 

4 livros a conhecer


O post de hoje vem no seguimento de um com exatamente o mesmo título e que publiquei há cerca de um ano atrás e que tem a ver com livros interessantes, bonitos e inspiradores que vou comprando cá para casa (ou que pretendo comprar) e que recomendo (podem revê-lo aqui). Hoje trago mais um conjunto de quatro, todos eles maravilhosos dentro do seu próprio estilo e que aguardam apenas o melhor momento de chegar cá a casa (adorava tê-los todos!). Não sei se já conhecem algum deles, mas se não aqui ficam as minhas sugestões.

Tendências// Do Rosa pálido ao Burgundy

Imagem The Design Files

O rosa pálido tem sido uma das grandes tendências de cor em decoração, principalmente conjugado com os tons quentes do vermelho, terracota e burgundy (ou, como se diz em português, borgonha). Eu pessoalmente adoro estas conjugações que já se começaram a ver desde o ano passado e, ao que parece, vão continuar este ano.

To the dreamers, the makers and you


WE NEED THE DREAMERS

Those  who let their imaginations tumble open  the width  of the horizon and the depth of the ocean´s abyss.

WE NEED THE MAKERS

Those who gather up handfuls of raw materials and tease and fuse them into objects that didn't exist before.

But most of all WE NEED THE ARTISTS

Those who dream, then make.
Then make more, then dream.

Quartos Inspiradores #7

Isn't it funny how day by day nothing changes,
but when you look back everything is different.
C.S. Lewis


Bom, e num fechar de olhos já estamos em 2018. Ainda me custa a acreditar como é que 2017 passou tão rápido!... Talvez por ter sido um ano tão intenso (com tantas aventuras e desventuras pelo meio) tenha ficado com essa sensação de que foi o ano mais rápido da minha vida até hoje. E vocês? Guardo com carinho os momentos bons, como por exemplo, a nomeação para os Prémios dos Blogs do Ano e o arranque do meu projeto de cerâmica; e com gratidão os mais difíceis como por exemplo ter ficado sem os meus dois empregos principais na mesma semana, pois esses são sempre momentos de aprendizagem e os que verdadeiramente nos fazem crescer. Se eles não tivessem acontecido, não teria tido a possibilidade de me dedicar durante os últimos 3 meses do ano a 100% à cerâmica, não teria recebido o retorno tão positivo que recebi e provavelmente não teriam surgido as oportunidades para projetos e colaborações que surgiram.